domingo, 28 de novembro de 2010

PostHeaderIcon Edição 2010 do Festival de Vídeo de Pernambuco


De segunda (29/11/2010) até quinta (02/12/2010) ocorrerá, no cinema São Luiz a edição 2010 do Festival de Vídeo de Pernambuco, o qual, segundo reportagem recentemente publicada no jornal Diário de Pernambuco (vide o link no final desta postagem) é "a maior vitrine da atual produção local de curta metragens". As exibições se darão sempre a noite e a entrada é gratuita.
Abaixo, seguem o link da reportagem mencionada, bem como a programação completa. Aproveitem!


Alberto Bezerra


http://www.diariodepernambuco.com.br/2010/11/27/viver1_0.asp


Segunda, 29/11

19h

O Sertão de Zé do Mestre, de Alice Chitunda
Ossos do ofício, de Camila Rocha, Luciano Branco, Ricardo Arruda, Yuri Serbedzidja e Thiago Oliveira
Cacique Luna - guerreiro dos caboclinhos, de Patrícia Aráujo, Isabella França, Aline Silva
Vale desenho, de João Lin
Cambinda Estrela, maracatu de festa e de luta!, de Adriano Lima
Poesia em alto relevo, de Hanna Godoy

20h30

Mestre Dengoso, de Alex Ramos, Carlos Alberto, Diogo Sobral, Obailê Santana, Marcos Paulo, Pablo José, Rayanne Kelly e Washington Santos
Mar de Lia, de Hanna Godoy
Por que não?, de Mariane Bigio
Do morro?, de Mykaela Plotkin e Rafael Montenegro
Confessionário, de Leonardo Sette
Nós, de Victor Dreyer
Filmes e quadrinhos, de Domingos Sávio
Cores da rua, de César Santos e Marcele Lima
As aventuras de Paulo Bruscky, de Gabriel Mascaro

Terça, 30/11

19h

Maxixe, de Breno César
Bode movie, de Taciano Valério
River raid - Alright (4 minutos, 2010), de Pedro Severien
Bokeh, de Breno César
À felicidade, de Carlos Nigro
Breve ensaio sobre a bestialidade humana, de Wilson Freire
Teatro da alma, de Deby Mendes

20h30

Fome de bola, de Juliana Serfaty e Isaac Chueke
Intempestiva, de Carlos Nigro e Cacá Macena
My way, de Camilo Cavalcante
Tempo impresso, de Marcos Enrique Lopes
Matriuska, de Pablo Polo
Afeiçoado, de Diogo Luna
Malunguinho, histórico divino, de Mísia Coutinho
Coisa linda, de Cezar Maia
Dualidade, de Bruna Coutinho
A minha alma é irmã de Deus, de Luci Alcântara

Quarta, 1/12

19h

Cerol, de Adalberto Oliveira
O milagre da multiplicação dos sons, de Elessandra Melo, Monike Freitas e Paula Thayza
Não sei de devo, de Muniz e Vitor
Pernambuco, você é meu, de Brenno Costa e Ana Luíza Madeiro
Vodka, de Victor Dreyer

20h30

Balaiagem, de Uiane Dantas
Se essa rua fosse minha, de Ariana Gondim
Sertão vazio, longe que só a gota, de Pablo Ferrari e Wilson Freire
O monstro da Várzea, de A. Pinto
Ninhos antigos, de Osman Godoy
Corpo Urb, de Mariane Bigio
Moro... ou não moro, de Martina Marzagalli
Caiu a ficha, de O. Nascimento
O homem dela, de Luiz Joaquim
Retinianas, de Luís Henrique Leal
Guerreiros da Água e da Terra, do Coletivo Macunaíma Colorau

Quinta, 2/12

19h

O vizinho da frente, de Júlia Araújo e Nathália D'emery
Profissional da noite, de Kleber Dibianchi
Reverie, de Marlom Meirelles
Querida Clara, de João Tavares
Júlia e o porco, de Fernanda Mateus
Tá moco é?, de Daniel Monteiro do Nascimento

20h30

Brecha, de Júlia Araújo e Nathália e D'Emery
Um beijo para ele, de Ubirajara Machado
Depois de um vôo, de C. Santos
Retratos, de Tabosa e Rafael Negrão
Pesadelo, de Paulo Leonardo
Aqui mora uma pessoa feliz, de Jean Santos
Drink me, de Eduardo Monteiro, Chiarina Beloto, Zé Diniz, Marília Cantuária, Raiony Costa e Juliana Rogge
Efeito peixe, de Luna Matos
Expresso, de Paulo Leonardo
BBC Olinda, de Lourival Cuquinha
Memórias de minhas putas alegres, de João Borba

0 comentários:

Postar um comentário

About Me

Minha foto
Miradouro Cinematográfico
Alguém que escreve para viver, mas não vive para escrever; apaixonado pelas artes; misantropo humanista; intenso, efêmero e inconstante; sou aquele que pensa e que sente, que questiona e duvida, que escapa a si mesmo e aos outros. Sou o devir =)
Visualizar meu perfil completo
Tecnologia do Blogger.

Seguidores